AMA E AJUDA-NOS FAZ O BEM

Construída em 1968 e inactiva por cerca de duas décadas, a Fazenda Cuerama foi reactivada em 2004 e deu continuidade à criação de gado. Desde então as suas infraestruturas têm vindo a ser reconstruídas. A reactivação da Fazenda permitiu a constatação da falta de acesso à educação e aos cuidados de saúde básicos, água potável e saneamento que a Aldeia Cuerama apresenta.

História_1.png

Tudo começou com um diagnóstico participativo com a  comunidade onde são identificados vários  problemas importantes que estavam a ser  negligenciados e a ter um impacto negativo na Cuerama:

falta de acesso à educação e saúde em geral, dependência exclusiva da  agricultura como único meio de sustento e  dificuldade em escoar o produto devido à má qualidade das estradas.

​Não há água potável, não há Escola, não há posto médico.

A comunidade decide, em conjunto com os gestores do projecto, construir uma Escola para o Ensino primário e testa a criação de novas formas de geração de receita, oficina de carpintaria, como  projecto piloto. Preparação da metodologia de implementação de forma a que a construção das infraestruturas seja também implementada através dos próprios beneficiários locais.

Início dos contactos com as autoridades locais através da Direcção Provincial de Educação do Sumbe e da  Administração Municipal de Quibala.

Levantamento  topográfico e elaboração do projecto de arquitectura.  Através de metodologias de participação comunitária e  bom aproveitamento dos materiais locais dá-se início à construção de 5 salas de aula para 400 alunos, construção da casa dos professores  e, em Luanda, são capacitadas 3 pessoas na Oficina de  Carpintaria Social para construção de todo o mobiliário da Escola através de paletes de madeira recicladas doadas por um patrocionador.

2014

2015

2016

História_2.png

Desenvolvimento e conclusão da construção da Escola (5 salas) e

da Casa dos Professores.

Recrutamento de professores e monitores.

Preparação para a capacitação e  implementação das oficinas, através de um projecto piloto de Cestaria com a criação de 4 a 5 tipos de produtos diferentes.

Inauguração da Horta Escolar, do Refeitório e de mais 1 sala de ensino.

550 alunos, da Pré-escolar ao 5.º ano.

São contratados mais dois Professores enviados pelo MED e são assim

capacitados um total de 6 professores, 4 monitores,  3 cozinheiras, 4 auxiliares, 1 secretária e 1 técnico da  horta.

2018

2017

2019

19 de Março

Inauguração da Escola Primária da Cuerama.

402 alunos do 1.º ao 4.º ano do

Ensino Primário.

60.000 refeições são servidas ao relento.

São contratados 4 professores formados pela ADPP  Angola (ONG - Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo),  4 monitores e 3 cozinheiras da

comunidade local.  

São capacitadas as primeiras duas costureiras, através de um curso especializado com o MAPTESS (Ministério da  Administração Pública, Trabalho e Segurança Social). Ainda este ano são capacitadas 28 pessoas na área da Cestaria  e 3 na olaria.

IMG_5920_edited.jpg

2020

Terceiro ano lectivo da Escola Primária da Cuerama. 10 Professores, 6 salas de aula, do 1.º ao 6.º ano do Ensino Básico.

520 alunos, do 1.º ao 6.º ano. Conclusão da construção do edifício das Oficinas Pedagógicas. Ano atípico pela Pandemia que corre pelo mundo.  As aulas são suspensas por instruções do Estado angolano. Alunos em suas casas lêem e aguardam ansiosos  pelo regresso às aulas.

Por trás desta realidade muitas pessoas dedicam-se a angariar roupa e calçado, material escolar, novas batas escolares e fundos para tornar o  Projecto Cuerama sustentável.

Os Professores e os Monitores estão activos e melhoram o planeamento das aulas,  aperfeiçoam técnicas de ensino e preparam conteúdos para os seus alunos.

NOTA

Queridos Alunos, Encarregados de Educação, Corpo Docente, Auxiliares e restante Família Cuerama

 

O COVID PAROU O MUNDO

MAS O PROJECTO NÃO PODE PARAR.

 ESTAMOS JUNTOS!"