SAÚDE

Acesso à Saúde nas comunidades mais pobres e mais isoladas, com um forte enfoque na Saúde Materno Infantil, utilizando práticas positivas do saber local e tradicional (ex: uso de plantas medicinais) conciliadas com práticas científicas e com a tecnologia moderna de forma a favorecer e melhorar a saúde nas comunidades. A promoção e conscientização da importância da saúde entre crianças, jovens, mulheres e homens no âmbito da higiene, alimentação e nutrição, do planeamento familiar e da saúde reprodutiva, da obstetrícia e da prevenção do HIV SIDA.

“Prevenir e capacitar”

PRINCIPAIS RESULTADOS ESPERADOS